Blog

Galvanização é o método utilizado para a “blindagem” de metais, ou seja, é todo o processo que envolve o revestimento destes metais por outros mais nobres, e tem como finalidade:

  • proteger o produto da corrosão
  • melhorar a condutividade
  • auxiliar na soldagem
  • melhorar a aparência
  • aglutinar partículas não condutoras de eletricidade
  • diminuir atrito
  • aumentar a dureza da superfície do material
  • criar resistência à temperatura
  • aumentar a vida útil do produto

Galvanizados

A galvanização está mais presente no nosso dia a dia do que podemos imaginar, principalmente nas estruturas de obras civis. Sua duração é proporcional à espessura do revestimento e inversamente proporcional à agressão do meio ambiente.

Os produtos galvanizados costumam atingir 10 anos em atmosferas industriais, 20 na orla marítima e mais de 25 anos em áreas rurais. Outra vantagem deste material é que ele pode ser pintado, sem que haja choque entre os revestimentos. Além de esteticamente dar cor, segurança e sinalização, a pintura também aumenta a vida útil da peça em até duas vezes.

O processo de galvanização é uma solução que representa grande investimento para o futuro, o que gera novas perspectivas para a economia brasileira, pois atende às infraestruturas primordiais no país, tanto para a urbanização, quanto para o desenvolvimento das cidades. A galvanização entra neste cenário como uma forma de valorizar obras, gerando benefícios em curto, médio e longo prazo, tais como: durabilidade, segurança, menos manutenções, resistência, estética, rapidez no processo, compatibilidade com diversos tipos de revestimento, dupla proteção, versatilidade de aplicações e custos competitivos.

O método mais utilizado para fazer a galvanização é por imersão a quente. Seu principal objetivo é impedir o contato do metal-base com o meio corrosivo, garantindo proteção ao produto, dando mais anos de vida para o ferro e o aço, menor custo de manutenção, além também de ser o processo com melhor relação custo-benefício, não só em relação aos demais processos de galvanização, mas também aos de proteção contra corrosão.

Por se tratar de um processo simples e rápido, e por acompanhar o desenvolvimento sustentável, as empresas de galvanização conseguem atender ao mercado de forma rápida e eficaz, além de estar disponíveis em todo o país com instalações de diversas capacidades e equipamentos de processo.

Hoje, tem-se tomado preferência por construções metálicas, justamente pela rapidez com que as estruturas podem ser erguidas sem que causem qualquer tipo de transtorno.

Em comparação às construções de concreto, ainda há uma redução significativa do consumo de água e no tráfego de caminhões, pois as estruturas são semiacabadas, o que ainda permite reduzir o volume do entulho gerado pelas escavações. Ademais, a resistência mecânica do aço permite a realização de fundações.

Além disso, não é apenas uma alternativa eficaz e segura. O processo de galvanização vem transformando o país não somente para as realizações de grandes eventos, como seu uso nos estádios onde foram realizados os jogos da Copa do Mundo, mas contribuindo também com o desenvolvimento sustentável da sociedade.

Deixe uma resposta

Open chat